Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Hoje, a compra de 0,01 Bitcoin (BTC) custa cerca de US$ 500, mas as tendências da distribuição de riqueza global e realização da oferta limitada de Bitcoin apontam para um cenário em que 0,01 BTC passará a valer US$ 1 milhão em alguns anos.

Segundo o relatório de riqueza mundial do Credit Suisse, o atual sistema de distribuição permite que existam 51,9 milhões de pessoas com um patrimônio líquido superior a US$ 1 milhão. Embora esse número represente somente 1% da população global (excluindo as crianças), é o equivalente a 43% da riqueza mundial.

No futuro, os ricos lutarão por 0,01 Bitcoin

Somado a isso, ainda temos o fato de que a oferta finita de Bitcoin chegará a 98% em dez anos. No início do mês, o suprimento total de Bitcoin consistia em 18,64 milhões de BTC, deixando 2,37 milhões de moedas para serem mineradas. Na próxima década, essa oferta irá alcançar os 20,6 milhões, ou seja, 98% dos 21 milhões de moedas que fazem parte do estoque total.

A lógica é a seguinte: ao remover 1,9 milhão de moedas que não foram tocadas por mais de uma década do limite de suprimento do Bitcoin, o limite máximo de BTC disponível para os milionários vai para 19,2 milhões. O resultado é de 0,37 BTC por milionário, incluindo as moedas ainda a serem mineradas.

Bitcoin

E se cada Bitcoin que permaneceu imóvel por cinco ou mais anos for perdido, apenas 14,57 milhões de BTC estarão disponíveis para acumulação. Desta forma, cada milionário do mundo teria somente 0,28 BTC, tudo isso partindo do princípio de que o suprimento de Bitcoin seria dividido igualmente entre eles.

Em dez anos, caso o cenário continue o mesmo, os milionários e as pessoas na faixa de riqueza, ou seja, com patrimônio líquido acima de US$ 100.000, poderiam obter o restante do estoque de Bitcoin, resultando em apenas 0,01 BTC por adulto.

Dessa maneira, comprar 0,01 BTC atualmente a um preço aproximado de US$ 500 pode garantir uma posição equivalente a 13% do total de detentores. Em comparação aos mercados Fiat e Bitcoin, estar entre os 13% maiores detentores do Bitcoin possui a mesma relevância e exclusividade de ser um milionário Fiat.

E aí, curtiu o conteúdo? Então compartilhe com os seus amigos e continue acompanhando o nosso blog!